Sobre o Angudadá

Música diferente para crianças!

O ANGUDADÁ quer brincar. Quer misturar a música com a poesia, a literatura com a fala, os sons com as artes, buscando ampliar o universo da música feita para crianças. O ANGUDADÁ quer o som das pradarias, dos cerrados, das matas e das caatingas, e quer também o som ecoado nos prédios da avenida.

O ANGUDADÁ quer compartilhar com as crianças músicas diferentes das veiculadas pela grande mídia, caminhando no limiar entre o artístico, o poético e o entretenimento. Quer estimular a fruição estética, que não passa pela funcionalização da arte, muitas vezes buscado ao se compor para a infância. O ANGUDADÁ quer encorajar a experimentação e a inventividade, contribuindo para uma educação infantil mais ampla e criativa.

 Partindo do questionamento sobre o acesso e a formação poético-musical das crianças, o ANGUDADÁ foi criado por músicos, educadores e produtores culturais com a missão de proporcionar o contato dos pequenos com um repertório original composto por elementos significativos do universo infantil, das culturas brasileiras e do mundo e dos avanços estéticos na música, na poesia e em outras artes.

Histórico

O Angudadá surgiu em 2013 quando um projeto desenvolvido pelos irmãos Duda Larson e Thomate, para produzir um álbum de música para crianças contendo músicas e clipes, foi contemplado pelo Programa de Apoio à Cultura da Secretaria do Estado de São Paulo (Proac) e patrocinado pela empresa Viralcool.

Para compor o corpo de canções do disco, Duda contou com a colaboração do parceiro de longa data Eduardo Klebis e das recentes parcerias com o próprio Thomate, com Jon Russo e com Juli Manzi. Sob os arranjos de Duda Larson, foram convidados para gravar, nas vozes principais, Eduardo Klebis e Carol Ladeira e, na banda de base, Fábio Bergamini na bateria, Gustavo Roriz no baixo e John Larson no teclado. Contamos ainda com Celso Veagnoli no saxofone e flauta, Claudio Sampaio no trompete, Alan Palma no trombone, Fabio Xavier na clarineta, Marcos Franco no fagote, os irmãos Lucas e Moisés Lima na gravação das cordas e Emilio Martins na percussão. Além de tudo, tivemos a inspirada participação de todos os filhos, filhas, sobrinhos, sobrinhas e crianças próximas que conseguimos reunir.

Para criar os clipes, Thomate dirigiu um clipe e convidou os animadores Marcelo Marão e Jon Russo para dirigir cada um dos outros dois. Ajudaram na feitura dos videos Giuliana Danza na modelagem junto com Priscila Limonta e Rogério Shareid na animação e montagem. O encarte contendo as belíssimas poesias visuais foram criadas pela dupla Thomate nas ilustrações e Rogério Shareid no projeto gráfico. A produção executiva do projeto ficou a cargo da Origem Produções através da atuação direta de Andressa Sirino.

À partir do lançamento do álbum no início de 2014, o Angudadá buscou conquistar espaço fazendo shows em eventos, escolas, shoppings e, paralelamente, exibindo seus clipes nos principais festivais de animação e cinema do país como o Animamundi, a Mostra Internacional de Cinema Infantil de Florianópolis, o Dia Internacional da Animação, o Festival de Cinema Infanto-juvenil de Porto Alegre, o Festival de Cinema de Tiradentes, o Festival comKids – Prix Jeunesse Iberoamericano, entre outros.

No final de 2014, a convite de Celso Veagnoli, Duda criou arranjos especiais para a Big Band do Conservatório de Tatuí e, neste formato, o Angudadá apresentou uma série de 5 shows no Teatro Procópio Ferreira em Tatuí com um público total estimado em 1200 crianças. O resultado foi espetacular e serviu de base para a criação do primeiro espetáculo intitulado “Pra que tanto carro?!”, que conta com banda e naipe de metais.

Em 2015, Edu Klebis foi um dos 10 compositores convidados a participar do primeiro Curitibim, mostra de música infantil de Curitiba que pretende revelar dez artistas brasileiros que se dedicam à infância por meio da canção e que contou com importantes nomes atuantes neste segmento no Brasil.

Em 2016, apresentamos o show “Pra que tanto carro?!” no SESC Ribeirão Preto, SESC Bauru, SESC Thermas e no CAIXA Cultural Curitiba. O grupo também lançou um clipe animado novo, viabilizado através de uma campanha de financiamento coletivo bem sucedida.

Atualmente estamos preparando um repertório novo que deve resultar em show e disco novos, além de estarmos elaborando novos projetos.

Obrigado por ler!

Idealizadores

Duda Larson

Duda Larson

Coordenador e Compositor

Duda Larson gosta de criar músicas e sons, de preferência novos e divertidos. Trabalha com a produção de trilhas para filmes, animações e games, mas também curte assistir a filmes, tocar violão, brincar com todos os tipos de instrumentos (está tentando aprender a tocar trombone…), jogar tênis e experimentar comidas diferentes. Aliás, adora viajar e conhecer outras culturas. Fez bacharelado e mestrado em música na Unicamp, estudou composição na Universidade de Liverpool (UK), e hoje mora em Campinas. Além de cantar e tocar, faz a direção musical do Angudadá.

Thomate

Thomate

Diretor de Arte e Animação

O Thomate é chargista, ilustrador e diretor de animação. Trabalha com animação, cartuns e ilustrações para diferentes mídias desde 2000. Criou e dirigiu a série de animação infantil “Lala” em exibição na Playkids e na TV Brasil e o curta “Tênis da Hora” para adolescentes passando na TV Escola, entre muitos outros. Inclusive já ganhou vários prêmios como diretor de animação. No Angudadá ele cuida para que nossos clipes e cenários fiquem bem bonitinhos, criativos e divertidos.

ribeiraoshopping-2

Edu Klebis

Compositor

O Edu Klebis é arteiro-artista, aprendiz-professor, poeta cantador e mau malabarista; homem de carne e menino de sonhos brincando nas águas do tempo entre sons e palavras. Troca o que lê, o que ouve, o que vê, o que pensa, o que é por um riso risado, um olhar espantado, um tímido aplauso, uma vaia soez, um abraço ao acaso… um beijo talvez! No Angudadá, canta e compõe canções inspiradas por e para crianças.